Publicado em 24 de março de 2019

Dia 24 de março é o  Dia Mundial da Tuberculose. Criada  em 1982 pela OMS, a data  representa uma homenagem ao dia em que o  bacilo causador da doença foi descoberto em 1882, por Robert Koch.

 

Entretanto, essa não é uma data comemorativa. O principal objetivo é chamar a atenção  do governo e da sociedade civil sobre os principais desafios para enfrentar a doença, que chega a matar mais de um milhão de pessoas por ano. O Brasil ocupa o 18º lugar entre os países com o maior número de casos em todo o mundo. E o Rio de Janeiro se destaca por apresentar um elevado número de pessoas contaminadas. Além disso, a campanha também busca uma  intensificação permanente das ações de controle da tuberculose e maior participação da sociedade.   

 

Sobre a Tuberculose

A tuberculose é uma doença infecciosa e contagiosa que afeta principalmente os pulmões, embora possa prejudicar outros órgãos. No Brasil, a cada ano são 70 mil casos novos e cerca de 4,5 mil mortes.

Como a contaminação se dá pelo ar, através da tosse, espirro e fala, devemos evitar compartilhar copos e talheres com pessoas infectadas. O bacilo (bactéria) causador da doença é bastante resistente, podendo permanecer no ar, por até 8 horas. Caso que se agrava em ambientes fechados e com pouca ventilação.

 

Sintomas e diagnóstico

O principal sintoma da tuberculose é a tosse seca e constante (geralmente dura mais de três semanas). E o mais importante: ao primeiro sinal da doença, procure o pneumologista para solicitar exames.  Outros sintomas nem sempre aparecem juntos e incluem: perda de apetite e de peso, sudorese noturna, febre baixa, catarro com sangue. O mais importante é procurar o médico assim que a tosse persistir. Segundo estimativas, cerca de 20% dos  casos demoram para serem diagnosticados, o que leva o paciente à internação ou óbito.

O diagnóstico será feito de acordo com o histórico de vida do paciente. Saber se ele é fumante, sedentário, bebe muito. Além é claro, de exames clínicos, como baciloscopia, raio-X do tórax e até mesmo,  biópsia.

 

Tratamento

O paciente com tuberculose deve ser orientado pelo médico, de forma clara e rápida sobre as características da doença e sobre o tratamento mais adequado. Dependendo do caso, o tratamento geralmente dura seis meses e todas as pessoas que iniciam cedo o tratamento e o seguem da forma correta, apresentam mais chances de cura.

Por isso, o mais importante é realizar o tratamento até o final, mesmo  que alguns sintomas desapareçam ao longo do processo.

Essas foram algumas informações do MedPoint sobre o Dia Mundial da Tuberculose. Se você deseja marcar uma consulta com  um de nossos pneumologistas, ligue para (21) 3576-3747 ou agende aqui pelo site.

 

Aceitamos planos de saúde. Consulte o nosso atendimento e agende uma consulta com um de nossos médicos.

 

Temos consultas particulares acessíveis e reembolsáveis pelo seu plano.

 

Estamos localizados atrás do Prezunic e o estacionamento é gratuito.

Endereço: Rua Professora Luíza Nogueira Gonçalves, 350 – Bloco 2 – sala 201 a 235 – Recreio dos Bandeirantes.

 

 

Lembramos que essas informações possuem caráter educativo e somente um médico poderá diagnosticar doenças e indicar os tratamentos adequados.

Voltar